Olá!!! Este blog foi criado pela aluna Valentina do 8ºC da escola E.B 2,3 de Eiriz acompanhada pelo Professor Francisco Ferreira, para informar as pessoas que "FAST FOOD" não é saudável, so contribui para a obsidade / doenças...

Perfil

//mais sobre mim

Arquivo

Posts

Quarta-feira, 07 de Outubro de 2009

 

     Refeição rápida ou fast-food (inglês) é o nome genérico dado ao consumo de alimentos que pode ser feito num intervalo pequeno de tempo.
   Este tipo de alimentação engloba essencialmente: sandes, pizzas, refrigerantes, hambúrgueres e batatas fritas e é muito apreciado pela maioria das crianças e jovens. Contudo, também os adultos têm vindo a aderir ao Fast-food devido ao ritmo de vida acelerado que faz com que o tempo seja escasso até para comer. O fast-food virou sinónimo de um estilo de vida stressante que tem sido criticado desde o final do século xx. O consumo exagerado de fast-food pode ser muito prejudicial para a saúde porque as refeições são muito calóricas, com muita gordura e com pouca variedade de alimentos. Estes aspectos fazem com que as taxas de obesidade, diabetes, hipertensão, colesterol e doenças cardiovasculares aumentem significativamente, especialmente nas crianças e jovens.

      Por incrível que pareça, também há um aumento de problemas relacionados com distúrbios alimentares como bulimia, anorexia e compulsão alimentar. Pode pensar-se que estes problemas não têm qualquer relação com a ingestão de fast-food, mas a verdade é que estão intimamente relacionadas, especialmente nos episódios de ingestão descontrolada de alimentos que por vezes leva a processos de vómito ou bulimia. Na verdade, a ingestão de fast-food tem contornos muito preocupantes porque as consequências são várias e todas com efeitos nefastos não só no indivíduo, mas também naqueles que o rodeiam e na economia do nosso país, daí que seja necessário informar principalmente as crianças e os jovens, de que correm perigo e ensiná-los a ter uma alimentação saudável. Entretanto, como os alimentos das redes de fast-food apresentam uma elevada quantidade de gordura, quando for consumi-los, dê preferência aos menos calóricos e, assim, você estará evitando o excesso de calorias que será depositado na forma de gordura corporal o que fará com que aumente de peso. Se, nós temos uma excelente comida mediterrânica para quê utilizar o fast-foot que faz tanto mal à saúde?
Embora a alimentação seja muito importante, o exercício físico também é muito importante. Hoje em dia, a maior parte das crianças passam o dia em frente ao computador e à televisão, sem mexer uma palha. O pouco exercício que fazem é na escola, o que é insuficiente. Neste caso os pais têm grandes culpas, não deviam deixá-los dias inteiros nestas actividades, que são muito más para as crianças e em vez de os levarem aos comércios onde servem fast-food para comerem hambúrgueres, pizzas, batatas fritas e beber Coca-Cola ou sumo, a melhor das soluções era fazer-lhes umas boas sopas de legumes, grelhar-lhes peixe ou carne, mas esta em menos quantidade.

 

 

 

publicado por fast food às 21:16